Sexta-feira, 15 de outubro de 2021
Apresentação do Prof. Dr. Rogerio Seabra

O IGEOG apresenta o Prof. Dr. Rogério Seabra, que tomou posse como professor do Departamento de Geografia Humana no dia 07 de outubro de 2021, e que de imediato assumirá disciplinas de Geografia Humana e/ou Geografia Econômica na graduação, bem como atividades administrativas. O Prof. Rogério Seabra é originalmente graduado em Geografia pela UERJ, Campus Maracanã, bem como realizou os seus estudos de Mestrado e Doutorado no PPGEO-UERJ. Além disso, foi professor efetivo na ENCE, como também atua até o presente momento no IBGE. Desejamos as boas-vindas ao colega professor e pleno sucesso em suas novas atividades no Departamento de Geografia Humana e no IGEOG.

Aviso de licença

A Direção do IGEOG informa que o Secretário Acadêmico Leonardo Cirino Bretas encontra-se de licença paternidade e férias até o dia 15 de dezembro de 2021. Pedimos a toda a comunidade do IGEOG, docentes e discentes, que não enviem pedidos ao nosso estimado secretário, mesmo através de seu e-mail privado ou redes sociais, a fim de preservarmos o seu legítimo direito trabalhista.

Em seu lugar, contamos interinamente, enquanto Secretária Acadêmica do IGEOG, Claudia de Almeida Freitas, que pode ser contatada através do e-mail do Igeog: <igeog@hotmail.com>.

ENADE 2021

O que é?


O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) avalia o rendimento dos concluintes dos cursos de graduação em relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares dos cursos, o desenvolvimento de competências e habilidades necessárias ao aprofundamento da formação geral e profissional, e o nível de atualização dos estudantes com relação à realidade brasileira e mundial.


ATENÇÃO 01: Esse é o ano do grupo da Geografia, por isso, a inscrição é obrigatória para estudantes ingressantes e concluintes. A situação de regularidade do estudante é registrada no histórico escolar. O Enade é componente curricular obrigatório, conforme determina o § 5º do art. 5º da Lei nº 10.861, de 2004, e o § 1º do art. 39 da Portaria Normativa MEC nº 840, de 2018, sendo condição necessária para a conclusão do curso de graduação.


  • Realização da prova: 14 de novembro de 2021 (presencial).
  • Abertura dos portões: 12h
  • Fechamento dos portões: 13h
  • Início da prova: 13h30
  • Término da prova: 17h30

Quem deverá fazer o exame?


Deverão ser inscritos no Enade 2021 todos os estudantes ingressantes e concluintes de cursos de bacharelado e licenciatura em Geografia que se enquadrem nos requisitos listados abaixo:


a) ingressantes: aqueles que tenham iniciado o respectivo curso no ano de 2021, estejam devidamente matriculados e tenham de 0 (zero) a 25% (vinte e cinco por cento) da carga horária mínima do currículo do curso integralizada até o dia 30 de agosto de 2021.


b) concluintes de cursos de bacharelado e licenciatura: aqueles que tenham integralizado 80% (oitenta por cento) ou mais da carga horária mínima do currículo do curso definido pela IES e não tenham colado grau até o dia 30 de agosto de 2021, ou aqueles com previsão de integralização de 100% (cem por cento) da carga horária do curso até julho de 2022;


ATENÇÃO 01: O estudante que estiver vinculado ao curso, independentemente da sua situação de matrícula (trancada ou afastado da Instituição de Educação Superior), estando habilitado, como ingressante ou concluinte, deverá ser inscrito no Enade 2021.


ATENÇÃO 02: Para a definição da habilitação dos estudantes transferidos de outra IES, ingressantes ou concluintes, deverá ser considerada como a data de início da graduação aquela da matrícula no primeiro curso, desde que o curso original pertença à mesma área de avaliação do Enade do curso em que o estudante está sendo inscrito no Enade 2021.


ATENÇÃO 03: Os estudantes ingressantes habilitados, devidamente inscritos pelas IES, ficarão dispensados da participação no Enade 2021, tendo sua situação de regularidade atribuída pelo Inep, conforme o item 19 deste Edital.


ATENÇÃO 04: Os estudantes concluintes habilitados, devidamente inscritos pelas IES, ficam convocados para participação no Enade 2021.



A estrutura do Exame


Os instrumentos avaliativos do Enade, com importância para os discentes, são:


1. Prova (realizada em 14/11/2021) - destinada a aferir o desempenho dos estudantes em relação aos conteúdos programáticos previstos nas Diretrizes Curriculares Nacionais ou no Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia do respectivo curso de graduação, suas habilidades para ajustamento às exigências decorrentes da evolução do conhecimento e suas competências para compreender temas exteriores ao âmbito específico de sua profissão, ligados à realidade brasileira e mundial e a outras áreas do conhecimento.

2. Questionário do Estudante (com preenchimento até 13/09/2021): destinado a levantar informações que permitam caracterizar o perfil dos estudantes e o contexto de seus processos formativos, relevantes para a compreensão dos resultados dos estudantes no Enade e para subsidiar os processos de avaliação de cursos de graduação e de IES (preenchido até 13/09/2021).

3. Questionário de Percepção de Prova: destinado a levantar informações que permitam aferir a percepção dos estudantes em relação à prova, auxiliando, também, na compreensão dos resultados dos estudantes no Enade.


ATENÇÃO 01: Os instrumentos previstos nos itens 3.1.1 e 3.1.2, ou seja, a prova e o questionário do estudante, são de caráter obrigatório, configuram a efetiva participação do estudante no Exame e serão objeto de verificação no processo de atribuição de regularidade dos estudantes perante o Enade 2021.


ATENÇÃO 02: As provas do Enade 2021, com duração total de 4 (quatro) horas, serão compostas por uma parte de Formação Geral com dez questões, comum aos cursos de todas as áreas, e uma de Componente Específico com trinta questões, próprio de cada área de avaliação.


Calendário oficial e Próximos passos


PRAZOS AÇÕES ONDE? OBSERVAÇÕES
Até 03/09/2021 Solicitação de Atendimento Especializado e/ou Tratamento pelo Nome Social dos estudantes concluintes habilitados; enade.inep.gov.br TODO ALUNO DEVERÁ REALIZAR O CADASTRO PRÉVIO ATRAVÉS DO SITE <sso.acesso.gov.br> SÓ DEPOIS DISSO TERÁ ACESSO AO SITE DO ENADE.
10/09/2021 Resultado da solicitação de Atendimento Especializado e/ou Tratamento pelo Nome Social dos estudantes concluintes habilitados enade.inep.gov.br
Até dia 17/09/2021 Indicação do curso pelo estudante concluinte habilitado com mais de uma inscrição enade.inep.gov.br
de 13 a 17/09/2021 Período para solicitação de recurso da solicitação de Atendimento Especializado e/ou Tratamento pelo Nome Social dos estudantes concluintes habilitados enade.inep.gov.br
24/09/2021 Resultado do recurso da solicitação de Atendimento Especializado e/ou pelo Tratamento pelo Nome Social dos estudantes concluintes habilitados enade.inep.gov.br
Até 13/09/2021 Preenchimento do cadastro pelos estudantes concluintes habilitados enade.inep.gov.br
Até 13/09/2021 Preenchimento do questionário do estudante enade.inep.gov.br
01/11/2021 Divulgação dos locais de prova (presenciais). Atenção: o preenchimento completo do Questionário do Estudante é requisito necessário para a visualização do local da prova. enade.inep.gov.br
14/11/2021 Realização da Prova. O estudante concluinte habilitado devidamente inscrito pela IES, vinculado a curso oferecido na modalidade presencial, realizará a prova no município de funcionamento do curso
15/12/2021 Divulgação da listagem de alunos em situação regular com o ENADE 2021 enade.inep.gov.br
31/08/2021 Divulgação dos resultados finais do ENADE 2021 enade.inep.gov.br

Para mais informações

Acessar o Edital do Enade 2021

https://in.gov.br/en/web/dou/-/edital-n-36-de-12-de-julho-de-2021exame-nacional-de-desempenho-dos-estudantes-enade-2021-331807144

Inscrições para processo seletivo para formação de banco de cadastro de reserva de professor substituto na área de Geografia Humana

Período: 12/07 a 19/07


Inscrições digitais pelo e-mail: igeog@hotmail.com


Documentos encaminhados em PDF:

  • Ficha de inscrição devidamente preenchida e assinada;
  • Documentação pessoal: Documento de identidade ou equivalente, válido em todo território nacional ou o passaporte;
  • Currículo Lattes, com a documentação comprobatória;
  • Diploma de Graduação, em acordo com o item 2.1, alínea j, do Edital.

Informações: Telefone: 2334-0036 (Exclusivamente Whatsapp)
E-mail: igeog@hotmail.com

Inscrições para processo seletivo para formação de banco de cadastro de reserva de professor substituto na área de Geotecnologias

Período: 15/06 a 23/06


Inscrições digitais pelo e-mail: igeog@hotmail.com


Documentos encaminhados em PDF:

  • Ficha de inscrição devidamente preenchida e assinada;
  • Documentação pessoal: Documento de identidade ou equivalente, válido em todo território nacional ou o passaporte;
  • Currículo Lattes, com a documentação comprobatória;
  • Diploma de Graduação, em acordo com o item 2.1, alínea j, do Edital.

Informações: Telefone: 2334-0036 (Exclusivamente Whatsapp)
E-mail: igeog@hotmail.com

Inscrições para processo seletivo para formação de banco de cadastro de reserva de professor substituto na área de Geografia Física e Ensino

Período: 15/06 a 23/06


Inscrições digitais pelo e-mail: igeog@hotmail.com


Documentos encaminhados em PDF:

  • Ficha de inscrição devidamente preenchida e assinada;
  • Documentação pessoal: Documento de identidade ou equivalente, válido em todo território nacional ou o passaporte;
  • Currículo Lattes, com a documentação comprobatória;
  • Diploma de Graduação, em acordo com o item 2.1, alínea j, do Edital.

Informações: Telefone: 2334-0036 (Exclusivamente Whatsapp)
E-mail: igeog@hotmail.com

Horários 2021/1
  • Clique neste link para acessar a grade de horários referente ao semestre 2021/1.
  • OFÍCIO CIRCULAR UERJ/IGEOG SEI Nº1, que trata da elaboração do Plano de Turmas e de posteriores alterações no horário.
NOTA DA DIREÇÃO DO IGEOG SOBRE O ERE-PAE1/PAE2 E SOBRE O DÉFICIT DE PROFESSORES NO CURSO DE GEOGRAFIA

SOBRE O ERE E OS PAE1 E PAE2:

A bem da verdade, a Direção da unidade sempre defendeu, desde o início das tratativas para a efetivação do PAE1, que se privilegiassem as disciplinas obrigatórias e que o trabalho cooperativo se desse de modo a termos um número maior de disciplinas. Devo lembrar que fomos, enquanto Direção de Unidade, voto vencido no Conselho Departamental, o qual é composto por: Diretor, Vice-Diretor, 3 chefes de Departamento (DTur, DGH e DGF), representante dos alunos da Geografia, representante dos alunos do Turismo e representante dos Técnicos.

Prevaleceu, sempre, a ideia de uma oferta muito grande de disciplinas eletivas e um número de disciplinas obrigatórias aquém do que a Direção do Igeog acreditava ser prudente oferecer a fim de evitar gargalos como o que vemos agora e que tenderão a se maximizar futuramente.

Devo chamar à atenção para o fato de que a deliberação 014/2020, que rege a oferta de disciplinas e regulamenta o PAE1 (e agora com algumas pequenas alterações também o PAE2), delega aos departamentos a decisão de oferta de disciplinas, não à unidade, ou seja, não ao Igeog. Sendo assim, no caso da Geografia, foram os departamentos que decidiram quantas e quais disciplinas seriam oferecidas e por quantos professores em cada uma. Coube a nós, enquanto Direção do Igeog (Diretor, Vice-Diretor e Coordenador Acadêmico), buscar tratativas no sentido de assegurar que algumas discrepâncias fossem resolvidas.

O REDUZIDO NÚMERO DE PROFESSORES ATUANDO NO CURSO DE GEOGRAFIA:

Outro problema sério que enfrentamos é o número cada vez menor de professores nos dois departamentos da Geografia. Por princípio, temos direito a 19 professores no DGF e 18 professores no DGH. A situação em cada depto no presente momento:

DGF: 1 professor em regime de readaptação (fora da docência) há mais de 10 anos; 1 professor em licença prêmio para logo em seguida se aposentar (é obrigatório que tire as LP antes de se aposentar); 1 professor falecido e nunca substituído; 2 professoras exoneradas (que pediram exoneração); 1 professora recém aposentada; e ainda, a partir de março, 1 professor em Licença Prêmio concedida pelo Depto e aprovada em Conselho Departamental (com abstenção da Direção, que foi voto vencido de todo modo). E um professor na vice-Direção do Igeog e outro na Coordenação de curso que não são obrigados, pelo regime interno da UERJ, a dar aulas, mas continuam atuando na Graduação e na Pós-Graduação.

DGH: 1 professor falecido; 2 professoras aposentadas; 1 professora que sai na aposentadoria obrigatória (limite de idade) em março próximo; 1 professor em longa licença médica e sem previsão de volta para tão cedo; 1 professora em licença prêmio para logo em seguida se aposentar (é obrigatório que tire as LP antes de se aposentar); 1 professora em Licença Prêmio concedida pelo Depto e aprovada em Conselho Departamental (com abstenção da Direção, que foi voto vencido de todo modo). E um professor na Direção do Igeog que não é obrigado, pelo regime interno da UERJ, a dar aulas, mas continua atuando na Pós-Graduação (2 disciplinas no PAE1; 2 disciplinas no PAE2); e na graduação, no PAE2, atuará em nenhuma ou 1 ou 2 disciplinas a depender de contrato de professor substituto pedido e que pode vir a ser liberado pela COPAD-UERJ.

Resultado - o que temos para o PAE2: só podemos contar com 12 dos 19 docentes do DGF; e só podemos contar com 11 dos 18 docentes do DGH.

A SITUAÇÃO DOS CONCURSOS PARA PROFESSORES EFETIVOS:

O regime de recuperação fiscal e a complexa situação política vivenciada pelo estado do Rio de Janeiro, além da indefinição da Autonomia Universitária da UERJ, nos põe em uma situação onde a realização de concursos para todas as vagas apontadas é totalmente incerta e, por princípio, só será resolvida a médio ou longo prazo. O que estamos fazendo, enquanto Direção, é buscar antigos bancos de concursos para docentes efetivos e verificar a possibilidade de aproveitar docentes aprovados (na verdade, estamos seguindo a orientação dada pela Reitoria), mas não classificados originalmente. Isso está sendo possível apenas para o DGH, que dispõe de tais bancos. Para a vaga da Prof.ª Aureanice já estamos providenciando a chamada de um professor que se encontrava no banco do concurso da Prof.ª Regina. Para a vaga da Prof.ª Marísia estamos averiguando a mesma possibilidade com relação ao concurso original da Prof.ª Julia (e ainda não obtivemos resposta - dependemos de uma posição da PG-UERJ). Importante salientar que a existência do banco não garante a chamada do concursado por razões diversas, a destacar: ele pode recusar por já estar em outra IES; o depto pode não concordar em chamar o concursado. Outra coisa: o processo de chamada de professores concursados efetivos está bem lento, como descrevo mais abaixo.

No caso do DGF temos uma situação mais complicada: primeiro porque a gestão anterior do Igeog e a chefia do DGF, até então, ambas não se mobilizaram em relação à realização de 3 concursos para as vagas dos docentes Ricardo Miranda, Taís e Núbia; segundo porque não há banco em qualquer concurso para professor efetivo realizado pelo DGF nos últimos 6 anos.

O que o Igeog tem feito quanto à realização dos concursos é agilizar, junto com as atuais chefias de departamento, as documentações que estavam travadas, principalmente a dos concursos nunca encaminhados. A coisa se complexifica porque pedidos antigos de concursos precisam ser digitalizados para inserção obrigatória na plataforma SEI, algo que durante a pandemia não será feito (não poderia ser feito) - isso deixa em modo stand-by os concursos para as vagas dos professores Gilmar (DGH) e Ricardo Miranda (DGF) - estamos vendo a possibilidade de retirarmos esses processos físicos do local em que se encontram na UERJ e digitalizá-los, o que acarretaria em uma maior celeridade dos mesmos. Segundo que mesmo a movimentação de documentação de vagas mais recentes (em 11/02/2021, a COPAD aprovou os concursos para as vagas das professoras Sonia, Taís e Núbia) não garante a realização dos concursos, pois eles obrigatoriamente precisam ser presenciais, conforme orientação da PG-UERJ, algo inviável no presente momento. As vagas recentes do DGH, como visto, pretendemos preencher com os bancos de concursos anteriores, se possível (vagas das professoras Aureanice e Marísia). E abriremos concurso para a vaga da Prof.ª Susana. Importante: não podemos abrir concurso para professores ainda em Licença Prêmio e que irão se aposentar, pois obrigatoriamente só podemos abrir processo de concurso no dia seguinte à efetiva aposentadoria de qualquer professor que esteja nesta condição.

PROFESSORES SUBSTITUTOS:

O DGH contava com um professor substituto em sala de aula até dezembro de 2019, o Prof. Dirceu. Não pode mais contar com o mesmo em 2020 porque o referido professor assumiu vaga de professor efetivo na UFC, no estado do Ceará. A UERJ proibiu qualquer nova contratação de professor substituto para o PAE1, razão pela qual não pudemos substituir o Prof. Dirceu. No presente momento, estamos esperando resposta da COPAD quanto ao nosso pedido de convocar dois professores que estão em banco de concurso para professor substituto no DGH. Esses professores, por princípio, atuarão em número restrito de disciplinas, pois não podíamos abrir turmas em grande número sem professor para pedir os contratos sem ter a certeza de que esses mesmos contratos seriam liberados. Por outro lado, no PAE3, previsto, ou numa pretensa volta ao presencial, já poderemos contar com esses professores para mais disciplinas.

No caso do DGF, não há banco para professores substitutos, haja vista que a chefia do depto/ Direção do Igeog (anteriores às atuais gestões) não providenciaram a realização nem dos concursos para professores efetivos e muito menos para produzir um banco de professores substitutos. O que temos discutido em colegiado de diretores no CTC é solicitar à Reitoria a possibilidade de fazer concursos para professores substitutos (onde cabe um processo seletivo sem os rigores de um concurso para professor efetivo) e alocá-los enquanto não se consegue fazer os concursos para professores efetivos. Tal proposição foi bem acolhida pelo Magnífico Reitor e possivelmente, em breve, estaremos fazendo concursos para novos bancos de professores substitutos no DGH e DGF.

Importante também destacar que a Reitoria da UERJ conseguiu a liberação gradativa de chamada de alguns professores efetivos já concursados em distintas unidades nos anos de 2018 e 2019. Ou seja, se tivéssemos professores concursados em 2018 e 2019, quando isto era possível de ser feito, seria crível que no presente momento esses professores já estivessem em sala de aula ou sendo chamados.

CONSIDERAÇÕES FINAIS:

O momento continua difícil e não é objetivo da presente nota criar bodes expiatórios, quais sejam, para justificar a atual situação do curso de Geografia. Entendo que havia uma grande preocupação, tanto na elaboração do PAE1 como na do PAE2, com respeito às condições físicas e emocionais de todos os envolvidos no processo de ensino e formação acadêmica, fossem discentes ou docentes, mas o que sempre foi claro para esta Direção é que o preço a curto e médio prazo seria alto ao não se considerar, à época da constituição dos PAE 1 e 2, o que teríamos no futuro - e o futuro já chegou.

Por outro lado, temos uma série de omissões pretéritas que contribuem para o atual estado de coisas, algo que esta Direção se de um lado busca sanar, de outro não aceita que lhe sejam tributadas. As discussões onde se debatiam questões relativas à elaboração dos PAE1 e PAE2 e que necessitavam de tomadas de decisões foram sempre pautadas e expressas em atas dos Conselhos Departamentais ordinários ou extraordinários. A Direção, a Vice-Direção e a Coordenação de Graduação sempre expressaram suas preocupações com a situação futura, como já exposto, pois mesmo numa volta ao ensino presencial, não teríamos (e não teremos) espaço físico e professores suficientes para atender à demanda reprimida por disciplinas e vagas.

Por fim, não há ninguém que possa antever o fim do ERE e a retomada das aulas e atividades presenciais, algo pelo qual estamos todos ansiosos, mas, de um modo ou de outro continuamos a tentar mitigar os problemas que se apresentam atualmente e doravante. É nesse sentido que nesses dois semestres adotamos estratégias muito difíceis de serem executadas e até explicadas, o que causou e tem causado bastante ruído, mas que têm surtido efeito no sentido, de novo, de apenas mitigar graves problemas na formação de cada um de nossos discentes. E nesse sentido, destaco: o esforço hercúleo do nosso Secretário Acadêmico Leonardo Bretas em definir, no braço (sem ajuda de qualquer sistema), que alunos têm menos créditos a cumprir e são prioritários no acesso às vagas das disciplinas eletivas; o trabalho extremamente difícil do Coordenador de Graduação, Prof. Antonio Oscar, em montar um horário com variáveis tão complexas (aulas síncronas e assíncronas); ao mesmo coordenador, o esforço de garantir ao aluno que se forma no semestre vigente o direito de fazer as disciplinas não oferecidas no horário através do regime especial de créditos. Esses três exemplos, mas o constante diálogo com o CA Josué de Castro e o uso das redes sociais para divulgar informações e sanar dúvidas expressam claramente o buscamos fazer na tentativa de diminuir o impacto do que ora todos vivenciamos.


Por fim, a Direção, a Vice-Direção e a Coordenação de Graduação, com o apoio fundamental do Chefe de Secretaria, são responsáveis pelos cursos (Geografia e Turismo), mas não têm e nem têm a pretensão de ter ingerência sobre os departamentos. À Direção cabe, como agora, mostrar a responsabilidade que temos, todos nós, docentes e discentes, pelo desenvolvimento das atividades de modo remoto e saber que no momento excepcional vivido se busca fazer o que melhor se aproxima das necessidades de todos, mesmo sabendo que isto não passa minimamente próximo da situação ideal. A Direção do Igeog, dentro do seu possível, busca soluções e preocupa-se em atender ao maior número possível de demandas dos alunos, mas tem as suas limitações, como já expostas acima. A direção do Igeog, nas pessoas de seus Diretor, Vice-Diretor, Coordenador de Graduação e Secretário Acadêmico está sempre à disposição para o diálogo, para sanar eventuais dúvidas e buscar as melhores soluções possíveis aos problemas que são trazidos. Porém, reforço a máxima: a César o que é de César.


Gratos pela atenção,
Ulisses Fernandes
Direção-Igeog-Uerj

Novo Formulário de Horas Complementares

Encontra-se disponível novo Formulário de Horas Complementares. Acesse aqui.


Atenção:


  • Para proceder com o preenchimento, o aluno deverá fazer o download, abrir, preencher e salvar (ou imprimir como PDF).
  • O FORMULÁRIO DEVERÁ SER ENVIADO PARA O E-MAIL igeog@hotmail.com.

Fluxogramas e ementas das disciplinas da graduação

Clique no nome do curso ou na versão do currículo para ver o fluxograma e as ementas das disciplinas:




Wikipedia: História da UERJ

Resumo

Composto por três departamentos (Geografia Física, Geografia Humana e Turismo sendo o último localizado em Teresópolis), tem por missão formar Geógrafos (Bacharéis), Professores (Licenciados) e Turismólogos (Bacharéis), oferecendo acesso ao ensino superior nos turnos diurno e noturno para o curso de Geografia e vespertino e noturno para o curso de Turismo, com instalações e infra-estrutura dedicadas ao ensino, pesquisa e extensão. Mantêm núcleos e grupos de estudos e pesquisas, cursos de extensão e de pós-graduação (Especialização e Mestrado), laboratórios e convênios. As publicações científicas são: Geo UERJ e Espaço Cultura.